O alemão Andreas Schild, dono de uma Opel Zafira fabricada em 2002, recebeu os cumprimentos de Karl-Thomas Neumann, CEO da marca, após o hodômetro de seu carro registrar exatos 500 mil quilômetros rodados. A minivan atingiu a quilometragem histórica ao entrar no estacionamento de uma concessionária da Opel na cidade de Frankfurt, na Alemanha.

Segundo Schild, nesses doze anos de convivência, o carro exigiu apenas a manutenção preventiva, duas trocas do abafador do escapamento e dos amortecedores, além de uma troca da bomba da direção hidráulica. As demais peças do veículo são originais de fábrica. “Além do uso diário, o carro é frequentemente utilizado em viagens pelo sul da Europa e região do Mediterrâneo. Uma vez eu transportei 495 garrafas de vinho e em nenhum momento tive a sensação de estar forçando o carro”, disse o orgulhoso proprietário.

A Zafira de Schild é um exemplar da versão Executive, na configuração de sete lugares, equipado com o motor de 2.2 litros movido a diesel de 125 cv de potência.

No Brasil, a Zafira foi fabricada e vendida com o emblema da Chevrolet entre 2001 e 2010. Baseada no Astra de segunda geração, o modelo fez sucesso entre famílias e, principalmente, taxistas por conta de sua mecânica confiável e pelo bom espaço interno. A minivan foi descontinuada para dar lugar à Spin.