A Ferrari, por meio do seu representante oficial no Brasil, a Via Italia, anunciou a chegada da nova California T. Apresentado no começo deste ano, o modelo tem preço definido em R$ 1,68 milhão e traz de volta o motor turbo para a linha.

Trata-se de um motor V8 biturbo de 3.8 litros associado a uma transmissão automatizada de dupla embreagem e sete velocidades. O propulsor entrega 560 cv de potência a 7.500 rpm e 77 kgfm de torque a 4.750 giros. Desse modo, a California T pode acelerar de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos, ou 0,4 s mais rápido que o modelo anterior, e alcançar a velocidade máxima de 316 km/h. De acordo com a fabricante, o consumo de combustível ficou 15% menor.

O visual do modelo também passou por leves modificações, que englobam os para-choques, entradas de ar no capô, saídas de ar nas laterais, rodas e saídas de escape horizontais. A cabine conta com novos bancos, volante, console central do painel, porta-copos e um novo sistema multimídia com tela de 6,5 polegadas sensível ao toque.

A Ferrari California T é capaz de se transformar em um conversível em apenas 14 segundos – tempo que a capota leva para abrir ou fechar.