A preparadora norte-americana AMS aproveitou o Halloween, comemorado no último dia 31 de outubro, para divulgar o seu projeto mais mirabolante. Especializada em preparações pesadas em esportivos de marcas como Audi, Mercedes-Benz e Subaru, a empresa decidiu apostar na modificação de um carro fúnebre. Sim, um carro utilizado para transportar caixões.

A AMS trabalhou pesado na mecânica de um Chevrolet Caprice 1990, que recebeu um motor de 6.0 litros V8 dotado de componentes reforçados, novo coletor de admissão e um turbocompressor BorgWarner operando a 1,5 bar de pressão. Com a preparação, o motor passa a entregar cerca de 1.000 cv, potência suficiente para fazer o rabecão acelerar de 0 a 100 km/h em 2.26 segundos e completar o quarto-de-milha (402 metros) em 9.94 segundos a 220,5 km/h.

Batizado de “AMS Madness”, o carro é praticamente todo funcional, pois os itens e acabamento do compartimento traseiro foram mantidos, assim como o ar-condicionado e o rádio. O modelo foi criado em homenagem à banda britânica de heavy metal Iron Maiden. Recentemente, o rabecão ganhou um upgrade na mecânica, que passou a entregar 1.300 cv. A AMS pretende fazê-lo superar os 320 km/h de velocidade máxima.