A Audi abriu o primeiro dia de coletivas no Salão do Automóvel de São Paulo e aproveitou para mostrar pela primeira vez no Brasil o Audi TT Roadster. Jörg Hofman, CEO e Presidente da marca no Brasil, anunciou que a versão conversível chega ao país no segundo semestre de 2015, mesma data para a chegada do A3 e-tron.

O TT Roadster é equipado com motor turbo de 2.0 litros, alcançando uma potência de 230 cv e torque de 37,7 kgfm. A velocidade máxima do conversível é de 250 km/h e para chegar aos 100 km/h em 5,6 segundos. O conceito TT Off Road também ganhou destaque no estande da montadora, o modelo é híbrido e tem potência máxima combinada de 408 cv.

Na segunda metade do ano que vem, também estarão disponíveis os primeiros A3 Sedan e Q3 fabricados em São José dos Pinhais, interior de São Paulo. O investimento para a produção dos veículos Audi na planta da Volkswagen foi de R$ 500 milhões.
Hofmann destacou o crescimento da marca em âmbito global, uma vez que foram vendidos 160 mil unidades de veículos Audi apenas em setembro deste ano, o Brasil tem participação importante neste crescimento, por aqui foram vendidas 9.665 unidades, representando um crescimento de 102%.

A representatividade do país pesa tanto que foi anunciado um plano de expansão da rede de concessionárias, passando para 40 pontos de venda até o final de 2014 e chegando as 60 revendas até 2017. O objetivo da marca é chegar aos 30 mil carros vendidos por ano em 2020.