%%wppa%% %%slide=508%%

Quem já viu um novo Honda Fit por aí sabe que o visual de carro de família ficou no passado. Agora o objetivo do monovolume da é conquistar novos clientes, entre eles jovens, donos de compactos premium, sem esquecer do público feminino, que vê com bons olhos o trio das principais qualidades do modelo: conforto, praticidade e espaço interno generoso.

Mas vamos ao que interessa: o Carsale avaliou o Fit equipado com a transmissão CVT (continuamente variável) e conta os principais pontos positivos e vacilos no vídeo 90 segundos abaixo. Lembrando que todas as configurações utilizam o motor de 1.5 litro de 16 válvulas i-VTEC, que desenvolve 116/115 cv de potência (etanol/gasolina) a 6 mil rpm e 15,3/15,2 kgfm de torque a 4.800 rpm.

 

Confira também o resultado do teste Carsale-Mauá com os números de desempenho e consumo aferidos pela equipe de engenheiros do Instituto Mauá de Tecnologia.

Honda Fit 1.5 CVT

Teste Carsale-Mauá
 
Cidade
Estrada
aceleração 0 a 100 km/h
retomada 80 a 120 km/h
Etanol8,1 km/l10,9 km/l10,67 s7,79 s
Gasolina9,8 km/l15,2 km/l11,49 s8,50 s

Honda Fit 1.5 CVT

Ficha técnica
Preço
parte de R$ 54.500 com câmbio CVT
Motor1.5 litro
Potência115 e 116 cv a 6.00 rpm (gasolina/etanol)
Torque15,2 e 15,3 kgfm a 4.800 rpm (g/e)
TransmissãoAutomática do tipo CVT
Suspensão dianteiraMcPherson
Suspensão traseiraBarra de torção
DireçãoElétrica
Rodas15 ou 16 polegadas
Pneus185/60 R15 ou 185/55 R16
Comprimento (metros)3,99 m
Largura (m)1,69 m
Altura (m)1,53 m
Distância entre-eixos (m)2,53 m
Porta-malas (litros)363