ferrari

O último ato público do ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, à frente da fabricante italiana será o lançamento de um modelo limitado e exclusivo para os Estados Unidos. Segundo o executivo, o carro terá apenas 10 unidades produzidas, já vendidas.

De acordo com a imprensa internacional, o modelo, cujo preço estimado é de US$ 3,2 milhões (cerca de R$ 7,4 milhões), terá pintura azul com listras brancas em homenagem a equipe North American Race Team. O time competiu nas décadas de 1960 a 1980 com carros da Ferrari pintados nessas cores.

O modelo será apresentado em Los Angeles, no dia 12 de outubro, durante um jantar de gala para comemorar os 60 anos de operações da Ferrari nos Estados Unidos. Um dia depois, Montezemolo vai deixará o cargo de presidente da marca para ser substituído por Sergio Marchionne, CEO do Grupo Fiat Chrysler Automobiles, conglomerado dono da Ferrari.

A marca italiana se recusou a comentar mais informações, deixando no ar apenas as informações de que Montezemolo já havia divulgado. O modelo base mais provável para essa edição especial é o F12 Berlinetta, porém com corpo e interior modificados.