%%wppa%% %%slide=507%%

Certamente os leitores já ouviram a expressão “engine swap”. Em tradução livre é a troca do motor, geralmente por um bloco maior e mais potente. Isso é bastante comum lá fora e vem ganhando adeptos a cada dia no Brasil.

O Ka da matéria é um deles. O propulsor original de 1 litro deu lugar a um Duratec de 2 litros, o mesmo que equipava o Focus, trabalhando para entregar 170 cv. Freios, escapamento e câmbio foram equalizados para a nova potência.

 
O mais legal da brincadeira é que seu estilo foi mantido próximo do original. Desse modo todo mundo olha espantado quando o pequeno Ford salta na frente na saída de semáforo ou retoma a velocidade de forma incrível na estrada. Assistam a matéria e tirem suas conclusões.