[wppa type=”slide” album=”424″][/wppa]

Com a inauguração oficial de sua fábrica em Jacareí (SP) programada para o próximo dia 28, a Chery realiza os testes finais do compacto Celer, o seu primeiro carro produzido no Brasil. Uma unidade do modelo foi flagrada pelo internauta Rafael Begosso rodando camuflada na Rodovia Castelo Branco, no interior de São Paulo.

Embora o carro das fotos estivesse bastante disfarçado, é possível notar que se trata da versão reestilizada do Celer hatch, mostrada em uma apresentação simbólica na fábrica de Jacareí em junho deste ano – o modelo foi lançado por aqui no começo de 2013 nas versões hatch e sedã (importadas da China) e ainda com o visual antigo.

celermontagem1

Apesar de a Chery ainda não ter divulgado os detalhes técnicos do Celer nacional, é provável que o compacto mantenha o conjunto mecânico do carro fabricado na China: motor 1.5 16V flex de 108 cv de potência e câmbio manual de cinco marchas. O pacote de itens de série inclui ar-condicionado; direção hidráulica; vidros, travas e retrovisores elétricos, freios com ABS, airbags frontais, rodas de liga leve de 15 polegadas, faróis de neblina, entre outros.

O Celer hatch mede 4,13 metros de comprimento, 1,49 m de altura, 1,68 m de largura e 2,52 m de distância entre-eixos. O porta-malas comporta 380 litros de bagagem.

celermontagem3

A fábrica da Chery em Jacareí é resultado de um investimento de US$ 400 milhões (cerca de R$ 911 milhões) e já emprega 250 funcionários. Até o final deste ano, a estimativa é contar com um total de 800 colaboradores. Além do Celer hatch e sedã, a unidade produzirá também, a partir do primeiro semestre de 2015, a nova geração do subcompacto QQ e motores 1.0 de três cilindros turbo com sistema start-stop (desliga automaticamente em paradas breves).

[wppa type=”slide” album=”423″][/wppa]

Na última semana, o Carsale publicou outro flagra da marca chinesa. A Chery já testa no País o sedã médio global Arrizo 7, que deverá disputar espaço com modelos da faixa dos R$ 60 mil.