SONY DSC

O novo Ford Ka chega para ser o carro de entrada da marca do oval azul (substituindo o antigo Ka e o Fiesta Rocam, ainda presente em estoques de concessionárias). Montado em Camaçari (BA) sobre a plataforma do New Fiesta, o compacto é o segundo modelo global desenvolvido pela Ford no Brasil (o primeiro foi o EcoSport) e, diferentemente da geração anterior, não atuará no segmento de populares “pelados”.

Esqueça tudo o que você sabe sobre as antigas gerações do Ka. O modelo deixou o estilo controverso e cheio de personalidade, e agora é um hatchback com carroceria de quatro portas com dimensões mais generosas. Custando a partir de R$ 35.390 (versão SE), o novo Ka já sai de fábrica equipado com direção com assistência elétrica e ar-condicionado, entre outros itens, para brigar em um segmento habitado por Chevrolet Onix, Fiat Palio, Hyundai HB20, Renault Sandero e Volkswagen Gol – as versões caras e equipadas de Volkswagen up! e Fiat Uno não devem ser ignoradas, uma vez que povoam a mesma faixa de preços do Ka.

O novo Ka marca a trajetória da Ford ao estrear o primeiro bloco de 1.0 litro de três cilindros da marca no Brasil – o propulsor rende 80/85 cv potência a 6.500 rpm e 10,2/10,7 kgfm de torque a 3.500/4.500 rpm (gasolina/etanol) – e inova por ser o primeiro carro 1.0 a oferecer controles de estabilidade e tração e assistente de partida em rampa no País (disponíveis na versão topo de gama SEL).

%%wppa%% %%slide=399%%

Embora só chegue às concessionárias no começo de setembro, o novo Ka já encara o seu primeiro comparativo no Carsale. Nesta avaliação, o compacto enfrenta o Chevrolet Onix e o Hyundai HB20 (ambos com motorização 1.0), considerados, por ora, pela Ford os principais rivais do Ka em termos de porte e volume de vendas (a marca espera vender cerca de 10 mil unidades do modelo por mês).

Estilo e acabamento

O Ka tem um desenho que pode até ser chamado de genérico por mesclar a identidade visual da marca, caracterizada pelos faróis espichados e pela grade frontal à la Aston Martin, e traseira com elementos semelhantes aos do Onix e do Gol. Visto de lado, a impressão é que a Ford foi buscar inspiração no modelo da Chevrolet na hora de criar a silhueta do modelo. Por dentro, o compacto conta com um quadro de instrumentos de grafismo simples, porém funcional. O acabamento é dominado por plástico duro (alguns elementos imitam metal escovado), mas com peças bem montadas e sem rebarbas.

Já o HB20 ostenta o estilo repleto de vincos e ângulos que faz os modelos da Hyundai bombarem mundo afora. O desenho do compacto fabricado em Piracicaba (SP) é atraente, mas dá a impressão de que ficará datado rapidamente. O interior do Hyundai segue o padrão de acabamento do Ka, só que predominantemente na cor preta.

IMG_8864_semadesivo

Embora tenha um desenho menos inspirado que os dos rivais, o Onix ainda chama a atenção pela frente curta e destacada pela grade em formato de escudo. Apesar de algumas peças do interior do carro avaliado apresentar discretas rebarbas, o interior do compacto é bem montado e ainda traz acabamento cromado nas maçanetas e revestimento emborrachado nos porta-objetos do painel.

Conteúdo

Além dos já citados ar-condicionado e direção elétrica, o novo Ka sai de fábrica equipado com vidros dianteiros elétricos; travas elétricas; rodas de 14 polegadas com calota integral e pneus de baixo atrito de medidas 175/65 R14; 21 porta-objetos, abertura elétrica do porta-malas, volante com ajuste de altura; chave canivete; airbags frontais; freios com ABS (antitravamento), EBD (distribuidor de frenagem) e CBC (controle de frenagem em curvas); indicador de troca de marcha; rádio AM/FM, USB, Bluetooth e My Ford Dock (suporte sobre o painel para acoplar smartphones), entre outros.

Na configuração SE Plus (R$ 37.390), o Ka ganha vidros traseiros elétricos; central multimídia SYNC Media System com AppLink, comandos de voz em português e controles de áudio e telefone no volante.

lateral2

A versão mais completa do Ford, a SEL (R$ 39.990), adiciona controles de estabilidade e tração; assistente de partida em rampas; rodas de liga leve de 15 polegadas com pneus verdes 195/55; faróis de neblina; computador de bordo; alarme volumétrico; banco do motorista com ajuste de altura; lanternas escurecidas e grade dianteira com acabamento cromado.

O HB20 é equipado com ar-condicionado, direção hidráulica, sistema de som com AM/FM/USB/CD/AUX e computador de bordo desde a versão de entrada, a Comfort 1.0 (R$ 35.760), mas se o cliente optar por itens como chave canivete e vidros elétricos terá de levar a configuração Comfort Plus 1.0, que parte de R$ 37.880.

No Onix a disparidade de preços e de itens de série das versões com motor 1.0 é a maior do comparativo. Partindo de R$ 33.996, a variante LS sai de fábrica com direção hidráulica, mas fica devendo vidros dianteiros elétricos e sistema de som. O ar-condicionado faz parte de um pacote opcional de R$ 1.700 que eleva o preço final do carro a R$ 35.696. Para ter o climatizador de série, o Chevrolet tem de ser configurado na versão LT, que custa R$ 39.096 e oferece a central multimídia MyLink apenas como um opcional de R$ 1.400.

traseira

Impressões

Os três carros são bons de guiar, mas o Ka leva uma pequena vantagem no quesito prazer ao volante. O compacto da Ford tem posição de dirigir elogiável graças aos bancos mais anatômicos e ao painel mais baixo, o que privilegia a visibilidade do motorista. Os comandos estão muito bem posicionados, mas a Ford vacila ao oferecer a regulagem elétrica dos espelhos externos somente como opcional para a versão SEL.

O conjunto motriz do Ka é bem acertado, mas não transmite a mesma desenvoltura e suavidade de funcionamento dos também tricilíndricos Hyundai HB20 e Volkswagen up!. O propulsor tem bom desempenho na cidade, mas exige constantes reduções de marcha para manter a velocidade em aclives e retomadas. Na estrada, o Ka fica mais prazeroso, uma vez que o motor fica mais esperto em rotações mais altas – a 120 km/h ele gira a cerca de 3.700 rpm. Graças ao bom isolamento acústico, é possível conversar dentro do carro mesmo com o propulsor funcionando a 4 mil giros.

O Onix tem uma posição de dirigir mais elevada que a dos concorrentes e os comandos ficam ao alcance das mãos como no Ford. Embora o seu motor de 1.0 litro tenha um cilindro a mais – desenvolve 78/80 cv e 9,5/9,8 kgfm de torque a 5.200 rpm (gasolina/etanol) –, o Chevrolet tem desempenho mais comedido e exige “esticadas” e reduções de marcha para embalar em ladeiras. O acerto de suspensão do Chevrolet merece elogios, uma vez que absorve as imperfeições do asfalto com mais eficiência que os conjuntos dos rivais.

frente (3)

Já o HB20 tem comportamento mais parecido com o do Ka, porém o seu bloco de 1.0 litro, também de três cilindros, entrega números ligeiramente inferiores: 75/80 cv e 9,2/10,2 kgfm a 4.500 rpm (g/e). O Hyundai mostra um pouco mais de agilidade no trânsito urbano e um conjunto com funcionamento mais suave. O câmbio do HB20 tem engates mais precisos e a direção hidráulica parece ter assistência elétrica de tão leve. O carro da marca sul-coreana parece ter servido de influência para a Ford na hora de finalizar alguns detalhes do Ka.

O Ka leva a vitória neste comparativo pelo custo-benefício, pois sai de fábrica com itens cada vez mais apreciados e exigidos pelo consumidor desde a sua versão de entrada. Se o comprador quiser levar para casa um HB20 ou Onix com direção assistida, ar-condicionado e vidros e travas com acionamento elétrico, terá de adquirir esses equipamentos como opcional ou migrar para uma configuração mais cara.

Ficha técnica

ModeloFord KaHyundai HB20Chevrolet Onix
Preço inicialR$ 35.390R$ 35.760R$ 33.996
Motor1.0 12V Fox TiVCT Flex1.0 12V Kappa1.0 8V SPE/4
Cilindrada (cm³)997,35998999
Potência (etanol/gasolina)85/80 cv80/75 cv80/78 cv
Torque (e/g)10,7/10,2 kgfm10,2/9,4 kgfm9,8/9,5 kgfm
Freios dianteirosDiscos sólidosDiscos sólidosDiscos sólidos
Freios traseirosTamborTamborTambor
Suspensão dianteiraMcPhersonMcPhersonMcPherson
Suspensão traseiraEixo de torçãoEixo de torçãoEixo de torção
RodasAço 14"Aço 14"Aço 14"
Pneus175/65 R14175/70 R14185/70 R14
DireçãoElétricaHidráulicaHidráulica
Peso em ordem de marcha (kg)9971.0071.019
Comprimento (metros)3,883,903,93
Largura (m)1,691,681,70
Altura (m)1,521,471,48
Distância entre-eixos (m)2,492,502,52
Porta-malas (litros)257300280
Tanque (litros)51,65054
TransmissãoManual 5 marchasManual 5 marchasManual 5 marchas
FabricaçãoCamaçari (BA)Piracicaba (SP)Gravataí (RS)