k9-onibus-byd

A chinesa BYD Company Limited anunciou um investimento de R$ 200 milhões para a construção de uma fábrica e centro de pesquisa e desenvolvimento de produtos em Campinas, no interior de São Paulo.

Conhecida por ser umas das maiores da China, a BYD já adiantou que a unidade de produção será responsável pela montagem de ônibus elétricos, de baterias de fosfato de ferro e painéis solares. Já o centro de pesquisas será focado em estudos e tecnologias para veículos elétricos, baterias, smart grid, energia solar e iluminação.

A unidade, que será a primeira da BYD na América Latina, terá 32 mil m2 e irá gerar 450 empregos diretos. “A planta industrial terá capacidade de produção de 500 a 1000 unidades de ônibus e baterias quando alcançar sua plena operação”, garante o presidente da BYD Brasil, Tyler Li. “Temos ainda interesse da empresa em fabricar células de baterias e chassis para ônibus elétricos no Brasil no futuro próximo”.

Especialista em baterias recarregáveis e veículos elétricos, a BYD tem 180 mil funcionários em 11 parques industriais em toda a China. A BYD também tem plantas industriais e escritórios nos Estados Unidos, Europa, Japão, Coréia do Sul, Índia, Taiwan, Hong Kong e São Paulo. A fábrica de ônibus elétricos de Campinas será a terceira fora da China, após a unidade na Califórnia nos EUA.

A BYD é também a segunda maior produtora de componentes eletrônicos para celulares, tablets e computadores portáteis do mundo, e grande produtora de componentes e equipamentos para iluminação (LED) e painéis solares.