fiat_betim

A Fiat completa nesta quarta-feira (9) 38 anos de operações no Brasil. Desde 2002, a fabricante italiana é líder no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves. Cledorvino Belini, presidente da Fiat Chrysler para a América Latina, promete: “Vamos continuar apoiando o desenvolvimento do País por meio de produtos de qualidade e de investimentos produtivos”.

A marca passa pela maior expansão das atividades no Brasil. São R$ 15 bilhões de investimentos entre 2013 e 2016, destinados principalmente à modernização da fábrica de Betim (MG) e à construção da nova planta do Grupo Fiat Chrysler em Goiana (PE).

De acordo com a montadora italiana, a fábrica de Betim passará a contar com uma das maiores cabines de pintura do mundo, além de sistemais automatizados de movimentação e logística interna.

História

Quando chegou ao Brasil a Fiat já fez uma escolha diferente: em vez de se instalar no tradicional cinturão industrial de São Paulo, optou por Betim. Sendo a primeira a fazer essa opção, mudou definitivamente o perfil econômico da região. Com isso, Minas Gerais deixou de se destacar apenas como produtor de ferro e aço, passando a contar também com uma indústria metalmecânica forte.

O icônico Fiat 147 inaugurou a produção na fábrica que possuía capacidade para 200 mil unidades por ano. Atualmente, a fábrica de Betim é a maior unidade de produção do grupo no mundo, produzindo mais de 3 mil veículos por dia, o que significa um carro a cada 20 segundos ou 800 mil unidades por ano. Contando com todos os processos de fabricação, a planta movimenta, aproximadamente 30 mil pessoas.