%%wppa%% %%slide=345%%

Antes de lançar o novo Passat, a Volkswagen fez certo suspense. Liberou fotos do carro coberto, algumas características, mas nada que pudesse suprir a curiosidade e ansiedade pelo novo sedã. Mas a espera chegou ao fim.

O novo Passat, que estará no Salão de Paris (França) em outubro, conserva o porte elegante, mesmo que com linhas mais agressivas. Além disso, o veículo ganhou oito centímetros de entre-eixos, mas manteve seus imponentes 4,76 metros. O porta-malas também ficou maior. Segundo a Volkswagen, o sedã passa a acomodar 586 litros, enquanto o modelo Variant suporta 650.

Os alemães ainda conseguiram emagrecer o carro. Usando alumínio e aços de alta resistência, reduziram 85 kg, em relação ao antecessor. Segundo a VW, isso garante uma eficiência 20% maior em relação ao modelo anterior.

Na Europa o Passat terá 10 opções de motorização com sistema de injeção direta e turbocompressor, com potência variando de 120 a 280 cv, incluindo uma opção a diesel 2.0 litros de 240 cv e uma versão híbrida plug-in de 211 cv, que combina o uso de um bloco 1.4 litro a gasolina com um conjunto elétrico.

No interior, a montadora procurou agregar tecnologia. O Park Assist, que auxilia na hora de estacionar, agora consegue entrar em vagas perpendiculares. Já o painel de instrumentos ganhou uma enorme tela de 12,3 polegadas. Por fim, os faróis de led possuem sensores que se ajustam a quantidade de luz do ambiente.