A Renault recuperou, com o Mégane RS Trophy-R, o título de carro de tração dianteira mais rápido do circuito de Nürburgring, na Alemanha. Após completar uma volta em 7min54s36, o hatch da marca francesa desbancou o Seat León Cupra (7min58s4), que mantinha o recorde do autódromo alemão desde março deste ano.

Equipado com um motor de quatro cilindros de 2.0 litros turbo, capaz de entregar 275 cv de potência e 36,7 kgfm de torque entre 3 mil e 5 mil rpm, o modelo é uma versão mais nervosa do Mégane RS Trophy 265 que havia estabelecido o recorde da pista em 2011, com o tempo de 8min07s97.

[wppa type=”slide” album=”305″][/wppa]

O bólido conta ainda com câmbio manual de seis marchas, diferencial de deslizamento limitado, bateria de íons de lítio e suspensão com amortecedores ajustáveis da Öhlins. Além disso, o modelo vem com bancos esportivos em formato concha e cintos de segurança de seis pontos. Para aliviar o peso total do hatch, a Renault retirou o banco traseiro e o sistema multimídia.

Para comparar, o Seat León Cupra leva sob o capô um motor de 2.0 litros turbinado de 280 cv e também é dotado de diferencial de deslizamento limitado e transmissão manual de seis velocidades.