Ka_Concept.jpg

As vésperas de sua estreia no mercado nacional, o novo Ford Ka tem mais uma novidade. Segundo os dados de eficiência energética apresentados pelo Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro/CONPET, o carro será um dos mais econômicos fabricados no Brasil.

Classificado na categoria de compactos pelas suas dimensões, o modelo levou a nota máxima de eficiência “A” e ganhou o selo Conpet de eficiência energética. O carro registrou consumo de 13,1 km/l na cidade e 15,1 km/l na estrada. Nos testes com etanol, ele alcançou uma média de consumo de 8,9 km/l na cidade e na estrada de 10,4 km/l. De acordo com a marca, as versões usadas nos testes foram SE/SEL, equipadas com ar-condicionado e direção elétrica.

O novo compacto global da Ford terá um motor 1.0 três cilindros e 85 cv, quando abastecido com etanol. Com gasolina, a potência diminui para 80 cv. Além disso, o carro conta com um sistema de partida a frio, que dispensa o uso do tanquinho auxiliar de gasolina.

Além do novo motor, vários outros aspectos contribuem para a eficiência energética do Novo Ka. Segundo a marca, desde a aerodinâmica da carroceria, pneus, direção elétrica e até o tipo de câmbio foram pensados visando a economia.

Aliás, economia de combustível é o novo desafio das montadoras que até 2017 serão todas obrigadas a participar dos testes de etiquetagem do Inmetro.