Besouro. Escarabajo. Carocha. O Fusca tem dezenas de nomes diferentes e um design reconhecido até mesmo por uma criança de um ano de idade. Criado no auge do nazismo rapidamente cumpriu sua função como “carro do povo”.

Aliás, povo alemão, norte-americano, brasileiro e muitos outros. Esse exemplar da matéria é de 1962 e está com o mesmo dono há muitos anos. O acabamento é simples, o motor tem 36 cv e a dirigibilidade é divertida. Três qualidades do Fusca.

Ele fez parte da vida de milhões de pessoas no mundo todo. Foi carro de auto-escola, de firma (quem não se lembra da Telesp?) e encarava qualquer terreno. Afinal, quem nunca andou em um deles?
Garagem do Bellote TV: Fusca 1962

<img class=”normal size-full wp-image-61054 alignleft” src=”http://carsale.uol.com.br2016.s3.amazonaws.com/wp-content/uploads/2016/04/bellote1.jpg” alt=”” width=”100″ height=”100″ />Renato Bellote é jornalista automotivo em São Paulo, redator da Revista Driver e editor-chefe da Garagem do Bellote TV. Sua paixão por carros começou no dia em que saiu da maternidade a bordo de um Dodge Charger R/T. (<a href=”http://www.garagemdobellote.com.br/”><em>www.garagemdobellote.com.br</em></a><em>)</em>