2013-Opel-Astra_abre

A Opel anunciou que irá fazer uma plataforma própria para o próximo Astra a ser lançado, apesar do acordo de troca firmado com a PSA.

As duas marcas têm três programas de compartilhamento de componentes e plataformas, nos segmentos dos comerciais e de monovolumes. Contudo, a parceria entre o braço europeu da GM e as francesas não devem se estender para a familia de compactos da primeira.

Segundo o site Autohoje, uma fonte ligada a marca garante que o próximo Astra não irá utilizar a nova plataforma EMP2 do Peugeot 308 para “utilizar um conjunto dos melhores componentes da Opel.”