visual-c3

A geração anterior do Citroën C3 sofreu um certo “bullying” no Brasil. Muita gente tratava o hatch como carro de mulher. Suas formas arredondadas podiam ser a razão de ele ter ganhado esse rótulo.

Pois bem, agora não mais! A nova geração do C3 apostou na mudança do visual e, ao que parece, a receita deu certo. A fabricante francesa diz que o C3 atual divide seu mix de vendas em 50% para homens e 50% para mulheres.

Embora cara de bravo não seja a especialidade do Citroën, a dianteira do modelo ficou mais atraente. Os faróis pontiagudos que envolvem os para-lamas e a grande entrada de ar em forma de “bocão” (que remete ao esportivo DS3) contribuíram para deixá-lo mais invocado. Na parte de trás, as lanternas triangulares foram substituídas por modelos em formato de bumerangue. Até o interior ganhou um toque mais arrojado.

c3-visual-ok2

Acredito que é muito subjetivo dizer que um carro é feito para homens ou para mulheres. Afinal, cada pessoa tem um gosto, não é? O fato é que agora o novo visual do C3 não deixa mais você fazer piadinhas machistas!

Vocês concordam?