No início da década de 80 a Ford apresentou um novo modelo no mercado brasileiro. O Del Rey chegava com muito charme e requinte para ocupar um lugar na garagem de quem buscava mais exclusividade. A versão Ouro, mais tarde substituída pela Ghia, marcou época.

Esse exemplar é um dos remanescentes da união entre Ford e Volkswagen, a Autolatina, e traz o motor AP de 1,8 litro, que deu a ele um fôlego extra no mercado. O acabamento é um de seus pontos fortes, com detalhes únicos em seu nicho de mercado.

[wppa type=”slide” album=”42″][/wppa]

Andar no Del Rey é voltar a um tempo em que o acabamento era uma preocupação da indústria automobilística e, de alguma forma, algo bastante valorizado pelos clientes. Até a próxima!