geelyec7_abre marcas chinesas estão cada mais mais presentes no setor automotivo, inclusive no Brasil. Depois de adiar o seu lançamento no mercado nacional, a Geely – dona da sueca Volvo Cars – finalmente iniciou as suas operações nesta terça-feira (21), com a importação e distribuição do primeiro lote do sedã EC7. O modelo, montado no Uruguai, chegará em março à rede de 15 concessionárias por cerca de R$ 50 mil, segundo informações da marca. O preço será definido em março, de acordo com a variação cambial do dólar.

Disponível apenas na versão mais completa, o EC7 virá equipado com um motor de 1.8 litro de 16 válvulas que desenvolve 130 cv de potência, associado a um câmbio manual de cinco marchas. Movido a gasolina, o propulsor entrega o torque máximo de 16,9 kgfm a 4.400 rpm.

O EC7 sai de fábrica equipado com direção hidráulica, ar-condicionado, bancos revestidos em couro, vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico, entre outros itens de série completam o pacote. A expectativa é vender cerca de 3.500 unidades de ambos os modelos ao longo de 2014.

geely-gc2-meio

Representada pelo Grupo Gandini (detentor dos direitos da Kia Motors no Brasil), a marca chinesa pretende trazer ainda no segundo trimestre de 2014 o seu segundo modelo, o subcompacto GC2 (foto acima) que, embora ainda não tenha o preço definido, ficará posicionado na faixa dos R$ 30 mil. O pequenino é equipado com um motor 1.0 de 12 válvulas de três cilindros a gasolina de 68 cv e 9 kgfm de torque a 3.600 rpm.

Resta saber se a Geely terá cacife para encarar a concorrência, uma vez que a Volkswagen lançará o Up! em fevereiro e a Ford participará da categoria com o novo Ka ainda neste ano.

O Carsale participa do teste drive do Geely EC7 nesta terça-feira (21) e publicará as impressões ao dirigir oportunamente.

[wppa type=”slide” album=”32″][/wppa]