Seis anos após o seu lançamento no mercado brasileiro, o Renault Logan passa por sua primeira grande mudança. O sedã manteve o espaço interno generoso – aliado à robustez mecânica e ao baixo custo de manutenção – e agora, com o visual bastante renovado, tenta atrair novos consumidores. Confira tudo no vídeo de avaliação 90 segundos.

Fabricado em São José dos Pinhais (PR), o modelo ficou mais atraente. A carroceria ganhou linhas mais arredondadas. A dianteira chama a atenção pelo grande logotipo da Renault, posicionado entre os faróis que ficaram mais afilados, enquanto a traseira deixou as lanternas verticalizadas para receber um conjunto mais harmônico. Por dentro, o sedã conta com materiais de qualidade superior.

Disponível em três níveis de acabamento e duas motorizações – 1.0 de 16 válvulas que desenvolve 77/80 cv de potência (gasolina/etanol) e 1.6 8V de 98/106 cv -, o Logan agora oferece novos equipamentos opcionais, como central multimídia com câmera de ré e ar-condicionado automático para a versão topo de gama Dynamique.

Confira abaixo os preços da linha 2014 do Renault Logan:

Logan Authentique 1.0 16V: R$ 28.990

Logan Expression 1.0 16V: R$ 33.390

Logan Expression 1.6 8V: R$ 39.490

Logan Dynamique 1.6 8V: R$ 42.100

Teste Carsale-Mauá

No tradicional teste Carsale-Mauá, realizado na pista da TRW em Limeira (SP), pela equipe do Instituto Mauá de Tecnologia, o carro (configurado na versão Expression 1.6) cumpriu a prova de aceleração de 0 a 100 km/h em 12,22 segundos, abastecido com etanol. Com gasolina no tanque, o sedã precisou de 14,53 segundos para ir da inércia aos 100 km/h.

O consumo urbano do Logan foi de 7,6 km/l e 10,6 km/l com etanol e gasolina, respectivamente. No circuito rodoviário, as marcas foram de 11,5 km/l com o combustível vegetal e 15,2 km/l com o derivado de petróleo.