A cara é nova, mas a proposta é a mesma: oferecer diversão para quem está ao volante. Esse é o lema do Chevrolet Camaro. Na linha 2014, o esportivo passou por algumas mudanças, que você confere no vídeo de avaliação 90 segundos.

Disponível apenas na versão SS, no Brasil ele tem preço sugerido de R$ 210 mil. Achou caro? Não dá para falar que é uma pechincha, mas levando em consideração os 406 cavalos escondidos sob o capô é possível afirmar que a relação potência por real é atraente.

Equipado com um motorzão V8 de 6.2 litros o Camaro entrega os 406 cv de potência a 5.900 rpm e 57 kgfm de torque aos 4.700 giros. O conjunto está ligado a uma transmissão automática de seis velocidades com borboletas atrás do volante para trocas manuais. E claro, o sistema de tração é tarefa das rodas traseiras.

No tradicional teste Carsale-Mauá, feito na pista da TRW em Limeira (SP) pela equipe do Instituto Mauá de Tecnologia, o muscle-car foi capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 5,84 segundos. Já no teste de consumo as médias foram de 7,0 km/l na cidade e 11 km/l na estrada. A Chevrolet diz que o modelo cumpre a aceleração em menos de 5 segundos e atinge a velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente.

Além de leves retoques visuais na dianteira e traseira, o modelo também recebeu a central multimídia MyLink, com tela sensível ao toque de sete polegadas, semelhante à utilizada nos modelos Onix, Spin, S10 e Trailblazer.

Outros destaques ficam por conta das rodas de alumínio de 20 polegadas, sistema Head-Up Display, que projeta informações no para-brisa, quatro relógios analógicos de medição no console central (medem pressão do óleo, voltagem da bateria, temperatura do óleo do motor e da transmissão), revestimento dos bancos em couro, sensor de estacionamento traseiro, entre outros itens.