Picapinha passa a ter porta traseira do lado direito, semelhante à do Hyundai Veloster, nas versões de cabine dupla

Linha 2014 da Fiat Strada traz novidades como terceira porta lateral a partir de R$ 42.330

A Fiat apresentou na noite da última terça-feira (15) a linha 2014 da Strada, picape derivada da primeira geração do Palio, lançada em 1998 e que lidera as vendas do segmento há 13 anos com cerca de 910 mil unidades vendidas no período. Além de ter recebido novos equipamentos de série, para-choques, lanternas e painel de instrumentos redesenhados, caçamba ligeiramente maior e um vinco lateral que a deixou com uma aparência mais robusta, a Strada inova mais uma vez ao ser a primeira picape pequena a oferecer uma terceira porta para facilitar o acesso ao banco traseiro nas configurações de cabine dupla.

Líder absoluta da categoria com 51,1% de participação no mercado (acumula cerca de 95 mil emplacamentos em 2013, ante pouco mais de 54 mil da Volkswagen Saveiro, a segunda colocada), a Strada já havia se destacado na ocasião de seu lançamento ao ser a pioneira do segmento a oferecer airbags frontais e freios com ABS como itens opcionais, sistema de bloqueio de diferencial Locker a partir de 2008, carroceria de cabine dupla no ano seguinte e transmissão automatizada Dualogic em 2011. "A Strada tem design, características e conteúdo que a fazem líder", disse Carlos Eugênio, diretor de Planejamento de Estratégia de Produto da Fiat.

A meta da montadora é comercializar cerca de 13 mil unidades da nova Strada por mês. A configuração de cabine dupla responderá por 50% do mix de vendas, seguida pela simples (30%) e estendida (20%), divididas nas versões Working (55% das vendas), Adventure (35%) e Trekking (10%). A Fiat destaca que as variantes mais vendidas da Strada estão nos opostos da tabela: Working de cabine simples (30%), a mais barata, e Adventure cabine dupla (25%), a mais cara.

Para chegar ao resultado atual, a fabricante rodou, durante 19 meses de desenvolvimento, mais de 1 milhão de quilômetros em testes com o modelo, que recebeu cerca de 300 novos componentes. As modificações aumentaram o volume de carga da caçamba, de qualquer uma das versões, em 100 litros ao deixarem o compartimento de cargas 8 centímetros mais alto.

A caçamba da Strada passa a ter volume de carga de 1.200 litros nas configurações de cabine simples, 910 litros na estendida e 680 litros na dupla. Na parte estética, a picape recebeu retoques no para-choque dianteiro e na tampa traseira, que lhe deram uma aparência mais "parruda". A lateral foi retocada com uma linha de cintura mais alta devido o aumento do volume de carga da caçamba e vincos laterais que terminam nas lanternas, que invadem os para-lamas e "dão um toque de esportividade" à picapinha, segundo a Fiat. "A Strada foi criada para ser versátil, permitindo ser utilizada tanto no trabalho quanto no lazer", destacou Claudio De Maria, diretor de Desenvolvimento e Design da Fiat Chrysler na América Latina.

A linha 2014 da Strada será comercializada nas versões Working com motorização de 1.4 litro flex de 85/86 cavalos de potência (gasolina/etanol), Trekking 1.6 de 115/117 cv (apenas cabine dupla) e Adventure com o bloco 1.8 de 130/132cv. Todas as configurações são equipadas com airbag duplo e freios com ABS de série. No caso da Trekking, há o acréscimo de ar-condicionado e novo volante. Já a Adventure conta também com rodas de liga leve de 16 polegadas, chave canivete, banco do motorista com regulagem de altura e novo quadro de instrumentos.

Confira abaixo os preços da linha 2014 da Fiat Strada:

Strada Working 1.4 cabine simples: R$ 33.750

Strada Working 1.4 cabine estendida: R$ 36.870

Strada Working 1.4 cabine dupla: R$ 42.330

Strada Trekking 1.6 cabine dupla: R$ 48.360

Strada Adventure 1.8 cabine estendida: R$ 49.480

Strada Adventure 1.8 cabine dupla: R$ 54.360

Novidades

Antes disponível apenas na versão topo de gama Adventure, o sistema de bloqueio de diferencial Locker será oferecido também na variante Trekking como opcional. A partir de janeiro, a Strada Adventure poderá ser equipada com teto-solar com acionamento elétrico. A Fiat disponibiliza, por meio da Mopar (divisão de peças e acessórios da Chrysler) cerca de 40 acessórios, como extensor de caçamba com rampa para motocicletas (R$ 1.459) e central multimídia com tela sensível ao toque, GPS e DVD (R$ 3.172), que poderão ser instalados nas concessionárias e estarão disponíveis nas linhas Palio e Palio Weekend a partir de 2014.

Impressões

O Carsale participou de um teste-drive em uma rodovia nas imediações de Una (BA) a bordo de uma unidade da versão Trekking com cabine dupla. No percurso de pouco mais de 40 quilômetros foi possível notar que, mesmo com a adoção da terceira porta, a picape não sofreu alterações em seu comportamento dinâmico. O motor de 1.6 litro, que rende até 117 cv com etanol, é adequado para o porte do veículo. O propulsor, no entanto, mostra mais disposição (como em ultrapassagens, por exemplo) quando o seu giro é mantido acima dos 3.500 rpm. O câmbio, assim como nos demais modelos Fiat, continua com engates longos e pouco precisos. Já o sistema de suspensão se mostra eficiente ao encarar trechos de asfalto castigado e até surpreende pelo conforto quando o carro é conduzido em vias de asfalto liso.

A Fiat mostra que tem se esforçado para manter a liderança no segmento de picapes pequenas ao introduzir mais uma inovação à linha Strada, que permite uma série de configurações ao oferecer ao consumidor três tipos de cabine, versões e motorizações (além de transmissão automatizada na versão Adventure). Enquanto a concorrência não perceber que essa variedade proporcionada pela picapinha da Fiat é um dos atributos que a mantém no primeiro lugar da categoria, a Strada manterá a sua hegemonia no mercado por um bom tempo.

Viagem a convite da Fiat.

[wppa type=”slide” album=”11829″][/wppa]