Novidade da linha 2014 é o novo motor 1.4 MultiAir Flex, que equipa as versões mais caras, Sport Air e Cabrio; preços foram mantidos, com exceção da configuração conversível que ficou mais cara

Fiat 500 ganha motor flex; Cabrio fica mais caro

A linha 2014 do Fiat 500 já está à venda. A principal novidade da gama é que o motor MultiAir 1.4, que equipa as versões Sport Air e Cabrio, agora bebe gasolina e etanol. O bloco flex continua entregando o mesmo desempenho quando abastecido com gasolina: são 105 cv e 13,6 kgfm de torque. Com etanol a potência sobe para 107 cv e o torque para 13,8 kgfm.

Segundo a Fiat, as duas versões responderão por 15% das vendas da linha 500. Somando todas as configurações oferecidas, a fabricante italiana pretende importar cerca de 1.000 unidades do compacto por mês.

Vale destacar que as configurações de entrada Cult (manual e Dualogic) equipados com o bloco 1.4 Evo continuam com o mesmo preço da linha 2013, assim como os novos Sport Air Flex (manual e automático). Apenas a configuração topo de linha, a Cabrio, teve aumento de R$ 1.290. O modelo 500 Lounge não é mais oferecido. Confira abaixo versões e valores da linha 2014:

Fiat 500 1.4 8V Evo Cult 2014 – R$ 42.840

Fiat 500 1.4 8V EVO Cult Dualogic 2014 – R$ 45.920

Fiat 500 Sport Air 1.4 16V 2014 – R$ 49.390

Fiat 500 Sport Air 1.4 16V Automático – R$ 53.430

Fiat 500 Cabrio Automático 1.4 16V 2014 – R$ 61.490 (aumento R$ 1.290)

Volta rápida: 500 Sport Air Flex manual

Andar com o Cinquecento é sempre uma boa experiência. E a breve volta do Carsale na versão Sport Air Flex manual também foi assim. Como as alterações no motor foram sutis, é praticamente impossível sentir a diferença de desempenho, que continua adequado ao carrinho.

A Fiat informa que com as modificações para transformar o motor em bicombustível ajudaram a melhorar a taxa de compressão, que cresceu 8%, passando de 10,8:1 para 11,7:1. Para lidar com o uso do etanol, o motor passa a contar com novas bronzinas e junta do cabeçote, ambas de oriundas do motor T-Jet de 1.4 litro turbo.

No mais, o carismático compacto manteve as suas qualidades: ser bem acertado e ágil. Suas dimensões diminutas somadas à direção elétrica ajudam o motorista a não ter que quebrar a cabeça ou fazer esforço na hora de manobrá-lo. Durante o trajeto de cerca de 32 quilômetros, o computador de bordo registrou uma marca de 10 km/l com etanol.

Assim como as demais versões, a Sport Air possui um pacote de série farto. Dentre os equipamentos de segurança estão inclusos controle de tração (ASR) e estabilidade (ESP), sinalização de frenagem de emergência (ESS), airbag duplo, freios com antitravamento (ABS) e distribuição de frenagem (EBD), tecnologia de auxílio de partida em subidas (Hill Holder), sistema de retenção de cadeirinhas Isofix, entre outros. Há ainda ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo, rádio CD/Player com MP3, rodas de liga leve de 16 polegadas, além de outros mimos.

500 Flex: Tem no site, é raridade nas lojas e já sofre ágio

Como mencionamos no início da matéria, o Fiat 500 com o novo motor MultiAir flex já está à venda. Tarefa difícil é encontrar um para levar para a casa. O Carsale entrou em contato com diversas concessionárias nas cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro e localizou apenas uma unidade do modelo Sport Air Flex no Rio de Janeiro, na região oeste.

Nesta concessionária o modelo Sport Air manual com quase todos os opcionais possíveis (menos pintura metálica e o kit safety) está sendo oferecido por R$ 59.900 – são cerca de R$ 5 mil a mais em relação ao preço divulgado no configurador do site da Fiat.

Nas lojas consultadas na cidade de São Paulo, nenhum 500 Flex foi encontrado. Um dos funcionários de uma concessionária da região central chegou a dizer que até o final do ano a Fiat irá importar para o Brasil apenas oito unidades do 500 Cabrio Flex, sendo que uma já está reservada para o dono da loja. As outras, que serão oferecidas a clientes do todo o Brasil serão muito disputadas. “Provavelmente os 500 Cabrio serão vendidos com ágio por causa da demora”, adianta o vendedor.

Em Belo Horizonte, o funcionário de uma revenda da região oeste informou que o tempo estimado para a chegada das primeiras unidades do 500 Sport Air é de cerca de 3 a 4 meses. Já o Cabrio tardará seis meses para poder ser visto na loja

Reveja o teste Carsale-Mauá com o 500 Cabrio 2013

[wppa type=”slide” album=”11445″][/wppa]