Nova geração do jipinho da Ford passa a oferecer transmissão com dupla embreagem e sistema de tração nas quatro rodas

EcoSport ganha câmbio automatizado e tração 4WD

Lançada em agosto e com cerca de 12 mil unidades vendidas em dois meses, a nova geração do EcoSport acaba de ganhar duas novas variantes. A configuração PowerShift já está sendo comercializada e é oferecida nas versões de acabamento SE (R$ 63.390) e Titanium (R$ 70.890), enquanto a 4WD Freestyle chegará às lojas apenas na segunda quinzena de janeiro, por a partir de R$ 66.090. Todas são equipadas com o motor Duratec de 2,0 litros de 16 válvulas, que desenvolve 140/146 cavalos de potência (gasolina/etanol).

O EcoSport PowerShift é equipado com uma transmissão automatizada de dupla embreagem de seis velocidades, com opção de trocas manuais e modo esportivo. De acordo com a Ford, o modelo é o primeiro carro nacional a contar com este tipo de sistema, que deixa uma marcha pré-engatada a cada troca de velocidade, garantindo uma operação em até um terço do tempo que uma caixa convencional gastaria. Abastecido com etanol, o fabricante diz que o consumo do jipinho é de 6,7 km/l em ciclo urbano e 8,0 km/l rodando em rodovias.

A versão 4WD possui tração permanente nas quatro rodas e é oferecida apenas com câmbio manual de seis marchas. Apesar de não contar com reduzida, o sistema pode aumentar a transferência de torque para as rodas traseiras por meio de um botão no painel. O consumo com etanol fica em 6,2 km/l rodando na cidade e 7,4 km/l na estrada.

Descansando o pé esquerdo

O Carsale avaliou uma unidade da versão SE PowerShift em um percurso de cerca de 60 quilômetros em rodovias do interior do estado de São Paulo. A baixas velocidades, as trocas de marchas são praticamente imperceptíveis devido a suavidade da operação do sistema e ao baixo nível de ruído do motor. Ao colocar a alavanca no modo S, a transmissão eleva o giro do propulsor antes de realizar as mudanças de velocidade. Durante o teste, a função foi útil para realizar uma ultrapassagem e retomar a velocidade em uma subida. No modo manual, o câmbio se mostrou um pouco indeciso em uma redução de marcha, necessária para diminuir a velocidade do carro após um caminhão mudar de faixa repentinamente.

Força nas quatro

Dentre as novidades da linha EcoSport, a 4WD é a mais divertida de todas. Para receber a tração integral, o jipinho teve a suspensão traseira semi-independente substituída por um sistema independente. A mudança deixou o veículo com um comportamento mais agradável, principalmente em trechos de piso acidentado.

Durante o teste-drive, realizado em estradas de terra, com alguns trechos enlamaçados, os sistemas de suspensão e direção mostraram um bom acerto para a proposta do carro, proporcionando boa dirigibilidade, combinada ao bom escalonamento do câmbio manual de seis velocidades, e absorvendo bem as irregularidades do terreno. Em um trecho de subida, no entanto, o motor Duratec negou fôlego em rotações mais baixas e precisou de reduções de marchas para levar o utilitário morro acima.

A Ford afirma que tanto o sistema PowerShift quanto o 4WD foram projetados para suportarem 240 mil quilômetros ou dez anos de uso sem precisar de manutenção (a não ser a preventiva).

Confira os preços e os equipamentos das versões:

EcoSport SE PowerShift (R$ 63.390): direção com assistência elétrica, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico, airbag duplo, freios com ABS, volante com regulagem de altura e profundidade, faróis de neblina, rack no teto, sistema de entretenimento SYNC Media System com Bluetooth e comandos de voz, assistente de partida em rampa, sistema AdvanceTrac, que conta com controles de estabilidade e tração e assistência de frenagem.

EcoSport Titanium PowerShift (R$ 70.890): mesmos itens da versão SE mais grade dianteira cromada, rodas de liga leve de 16 polegadas, ar-condicionado digital, sistema de partida sem chave, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, sensor de estacionamento e espelho interno fotocrômico. Por mais R$ 3.700 é possível acrescentar bancos revestidos em couro e airbags laterais e de cortina.

EcoSport Freestyle 4WD (R$ 66.090): direção elétrica, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, computador de bordo, airbag duplo, freios com ABS, sistema SYNC Media System, sistema AdvanceTrac, assistente de partida em rampa, rodas de liga leve de 16 polegadas. Opcionais: bancos em couro e airbags laterais e de cortina (R$ 3.700).

Viagem feita a convite da Ford.
 

[wppa type=”slide” album=”10265″][/wppa]