Com a

Fiat Punto com visual europeu parte de R$ 38.570

O Fiat Punto é um dos casos de veículo que, ao mesclar equipamentos e motores, surgem versões para competir em segmentos distintos. Partindo dos R$ 38.570 anunciados na noite desta sexta-feira (20) durante a apresentação do hatch, já dá para saber que ele brigará com Chevrolet Agile e Volkswagen Fox nas versões mais baratas, Attractive 1.4 e Essence 1.6. Na configuração Sporting 1.8, de R$ 46.400 iniciais, a Fiat pretende enfrentar rivais que estão no andar de cima, como os modernos Ford New Fiesta e Chevrolet Sonic. E, para essa última tarefa, a montadora italiana foi além da reforma no visual externa do carro. A ideia consistiu em tornar o Punto mais refinado também por dentro. Há ainda a versão mais apimentada da gama, conhecida pela sigla T-Jet e que entrega 152 cavalos de potência.

Antes de abordar as novidades estéticas, vale a pena mencionar todas as configurações. São elas, com seus respectivos preços:

Punto Attractive 1.4 – R$ 38.570

Punto Essence 1.6 16V – R$ 41.750

Punto Sporting 1.8 16V – R$ 46.400

Punto T-Jet 1.4 16V Turbo – R$ 55.740

Cara nova

A inspiração para a reestilização do Punto brasileiro foi o Punto Evo europeu. O resultado no caso hatch abrasileirado, no entanto, foi um pouco mais sutil do que a versão do velho continente. Por fora, novos para-choques dianteiro e traseiro unem-se aos faróis e lanternas refeitos, que ladeiam o já tradicional bigode cromado da marca. Destaque para a traseira, que ganhou iluminação em luzes de leds. A versão T-Jet passou por uma sessão de musculação, deixando de lado os apliques de plástico do modelo anterior e adotando linhas mais agressivas, em especial nos para-choques: o dianteiro tem entradas de ar robustas e o traseiro agora abriga as luzes de ré.

Mecanicamente, as maiores novidades são a adoção do motor 1.4 Fire EVO de 88 cv para a configuração Attactive e o seletor DNA (Dinâmico, Normal e Autonomia) no Punto T-Jet. Os três modos possuem diferentes programações, que alteram a sensibilidade do acelerador e, consequentemente, as reações do carro. Dependendo do modo escolhido, a porção digital do painel do carro ganha mostradores distintos. No Dinâmico, há uma barra de pressão do turbo. No Autonomia, é a vez de um econômetro aparecer. Nas versões automatizadas, o Punto ganhou o câmbio Dualogic Plus, que tem funcionamento mais sutil em relação à caixa anterior. Esse câmbio já está presente no Bravo. Todas as versões contam com freios ABS e airbag duplo de série.

Mais requinte

Por dentro, o carro subiu de nível. Não há grandes diferenças no habitáculo em si, já que não se trata de uma nova geração, mas os materiais ganharam qualidade. O aspecto geral da cabine que melhorou, significantemente, são armas do Punto para brigar com rivais mais caros. O rádio também é novo e, na versão T-Jet, ele conta com subwoofer. O painel agora tem uma seção de cor diferente, com uma leve textura. Outra novidade são guias de luz na peça, que causam um efeito agradável à noite. Por fim, no quesito conectividade, o carro se destaca pela tecnologia Fiat Social Drive, que, por meio de mensagens de voz, informa o motorista sobre as últimas atualizações nas redes sociais.

O Carsale participará de um test-drive do Punto na tarde deste sábado (21). As primeiras impressões aos dirigir serão publicadas em seguida.
 

[wppa type=”slide” album=”9730″][/wppa]