Jipão norte-americano volta ao mercado

Ford Explorer

O utilitário esportivo Explorer volta ao mercado brasileiro até novembro e será uma das atrações da Ford no Salão Internacional do Automóvelno Anhembiem São Pauloentre os dias 21 e 31 de outubro. A chegada da nova geração do jipão de luxo da Ford no Brasil foi adiada algumas vezesmas agora foi dado o sinal verde. Em relação à versão anterioro novo modelo está mais seguro e moderno. Há vários dispositivos eletrônicos e opção de motor V8 4.6 de alumínio. Os preços ainda não foram definidos.

Por foraas mudanças mais aparentes estão na parte dianteira. A grade ficou mais ampla e inspira ao mesmo tempo arrojo e elegância. Os faróis têm lentes transparentes que revelam todos os detalhes do conjunto ótico. Já o pára-choque ficou mais encorpadocom três tomadas de ar e dois faróis de neblina arredondados.

É interessante notar que os pára-choques do noo Explorer estão bem mais baixosatendendo aos pedidos dos órgãos de segurança nos Estados Unidos. Como a presença desse tipo de veículo é muito grande nas ruas daquele paísvem crescendo muito o número de acidentes graves entre eles e os carros de passeio. E os menores acabam levando a piormuitas vezes entrando sob os utilitários-esportivosprovocando muitas mortes e lesões graves.

Apesar dos pára-choques rebaixadoso Explorer agora tem maior altura livre em relação ao soloo que melhorou seus ângulos de ataque e saída em condições de fora-de-estrada. A reestilização visual do Explorer foi concebida pelo estilista J. Mayso mesmo que desenhou o New Beetle e o renovado Ford Thunderbird. Além das mudanças na dianteiraas laterais têm vidros mais rentes (favorecendo a aerodinâmica) e a traseira tem lanternas e tampa com novo desenho. O pára-choque rebaixado serve como apoio para facilitar o acesso ao compartimento de bagagem.

Por dentroas linhas do painel e das laterais das portas ficaram bem mais arredondadasconferindo um aspecto mais moderno. O volante de dois raios foi trocado por um de quatro raiosde melhor empunhadura e repleto de comandos integrados. O espaço interno melhorou graças ao aumento de 6,35 cm na largura e de 5 cm na distância entre eixos.

Com esse crescimentoe com a troca da suspensão traseira de eixo rígído com feixe de molas por uma nova do tipo independentefoi possível criar uma terceira coluna de bancos na traseiraaumentando de cinco para sete o número de assentos. As portas traseiras foram ampliadas para facilitar o acesso à terceira coluna de bancos. Além dissoo pacote de itens de conveniência ficou mais abrangente.

Além de permitir a ampliação do espaço internoa nova suspensão traseira independente deve melhorar sensivelmente a estabilidade do Explorerum dos pontos fracos da versão atual. O controle eletrônico de tração 4×4 evoluiue passa a integrar o Advance Tracsistema que monitora também os freios (ABS) e o controle eletrônico de estabilidade (ESP).

Um novo motor V8 4.6 de 243 cavalos e 38,9 kgfm de torque a 4.000 rpmtotalmente de alumíniosubstitui o atual V8 5.0 de 218 cv. Há também opção do V6 4.0 de 210 cv e 35,1 kgfm a 3.700 rpm. A Ford ainda não revelou a versão de motorização que estará disponível em nosso mercadomas deve optar pelo V8 para estar de acordo com a concorrência. O câmbio automático também passou por mudanças. Em termos de segurançao Explorer agora conta com cortinas infláveis lateraissensores de capotamento e air bags que são inflados conforme a força de impacto da colisão.

[wppa type=”slide” album=”3393″][/wppa]